Ranking das motos mais caras do Brasil



  

O brasileiro realmente ama o mundo das motos.  E, como bom apaixonado, ele sempre quer saber os preços desses veículos. Mas você sabe quais são as motos mais caras do Brasil? Aqui, pois, nós iremos falar sobre isso, de modo a matar essa curiosidade.  Sabemos que no nosso país muitas marcas fazem sucesso e, por conta disso, vamos ao que interessa.

As motos mais caras:

Bimota DB7 Serie: Oro Nero: essa é uma moto muito moderna, com design incrível e que, por ser tão cara, só pode ser comprada por meio de encomendas.  Seu preço é de  R$ 250 mil e ela foi feita a partir de fibras de carbono;

Vyrus: essa é uma moto muito desejada e que tem um visual que chama a atenção em todos os sentidos.  É uma moto do tipo importada e que, por sua vez, custa  R$ 157 mil. Ela também pode ser customizada pelo cliente, o que a torna ainda mais procurada e inovadora no mercado de motos do Brasil;

BMW K 1600 GTL: essa é uma moto que tem, como grande destaque, seu motor de seis cilindros e 160 cavalos em termos de potência. O preço dessa moto gira em torno de R$ 108.500;

Yamaha Vmax: estamos falando de uma supermoto feita para os amantes da velocidade.  Seu motor é de 4 cilindros e é uma das motocicletas mais bonitas, detalhe que aumenta ainda mais seu valor na indústria de motos;

GL 1800 Gold Wing: também é uma linda moto e, como principal referencial, tem o turismo, pois ela é bastante utilizada nesse aspecto por ser completa e superconfortável. Seu preço não sai por menos de R$ 92.000.





Agora é fazer sua escolha. Essas são as cinco motos mais caras do nosso país. Se você gostou, portanto, basta comentar e opinar sobre elas. 

É o mercado automobilístico provando cada vez mais seu potencial de conquistar um público cada vez mais exigente.

Por Jaime Pargan

Bimota DB7 Serie Oro Nero

Bimota DB7 Serie: Oro Nero

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *