Michelin lançou novos pneus para motos de até 150cc



  

Linha City Pro é voltada para motocicletas de até 150cc que são usadas diariamente.

Quem pensa que a Michelin fabrica apenas pneus para carros e automóveis de corrida, engana-se. A marca acaba de lançar uma nova linha de produtos, para modelos de motocicletas de até 150cc.

Os novos pneus da Michelin estão disponíveis em nove medidas, para rodas com aros 16, 17 e 18 polegadas. A atenção maior para essa nova linha, batizada de City Pro, é voltada para os veículos de duas rodas com até 150cc que tenham uso diário. Isso inclui diversas categorias, como mototaxistas e motofretistas.

Segundo a fabricante francesa, seus novos pneus são até 20% mais resistentes à perfuração, o que é ótimo, sobretudo para o caos das grandes cidades. Além disso, ele dura até 10% mais em termos de quilometragem, se comparado com seus maiores concorrentes.

De acordo com o gerente de marketing da Michelin, Flávio Santana, a nova linha de pneus possui três camadas de lona e uma camada adicional de borracha. Isso faz com que o produto tenha maior resistência. Com novos desenhos nos sulcos e dos riscos, os novos pneus ainda possuem maior aderência em pisos molhados, dando mais segurança ao motociclista. Com essa tecnologia, o escoamento de água se torna maior.





A empresa francesa ficou por quatro meses realizando testes em sua nova linha. Entre os meses de novembro de 2013 e março de 2014, a Michelin utilizou 48 motocicletas com os pneus City Pro para realizar seus testes, conduzidas por mototaxistas. O resultado mostrou que, após 440 mil quilômetros, haveria um furo a cada 100 mil km (o que é um número bem significante, mostrando alta resistência e durabilidade dos pneus). A média de durabilidade foi, para pneus traseiros, de 20 mil km, e para pneus dianteiros, de 30 mil km.

A marca não divulgou os valores iniciais da nova linha de pneus, mas sabe-se que eles estarão disponíveis no mercado a partir de maio deste ano.

Por Felipe Villares

Novos pneus da Michelin

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *