Harley-Davidson oferece condições especiais na linha 2016 no Brasil



  

Condições especiais para aquisição por financiamento são oferecidas pela Harley-Davidson no Brasil para a linha 2016.

As concessionárias brasileiras já receberam a linha 2016 da Harley. São mais de dez modelos das custom mais famosas do mundo. E, atentando ao mercado recessivo brasileiro – em meio à crise econômica – a Financial Services da marca oferece condições especiais para aquisição por financiamento.

O setor financeiro da montadora firmou taxa de 0,99% ao mês e parcelamento com valor fixo para até 24 meses no pagamento do saldo. Para que o financiamento seja concedido, a entrada deve ser de no mínimo 50% sobre o valor total da motocicleta desejada.

Entre toda a nova família de Harleys, as Sportster são as que mais chamam atenção dos amantes de motos.

A Iron 883 cilindradas tem o acabamento quase todo em preto, design agressivo e tanque de gasolina em estilo clássico da marca com capacidade para 12,5 litros. O guidão e comandos nele são simples e com acabamento preto, em visual minimalista. As lanternas traseiras são de LED e têm os piscas integrados. As rodas são de liga de alumínio com freio ABS. O amortecedor traseiro tem regulagem de altura. A Iron sai por R$ 42,9 mil. O opcional é a pintura diferenciada Hardy Candy Custom, que adiciona mais R$ 1,5 mil ao valor de venda.





Já a Forty-Eight tem como cor original o bordô e a capacidade do tanque é de 7,9 litros. Ela tem pneus personalizados, mais robustos que outros modelos. O motor de 1.200 cilindradas também tem predominância da cor preta, porém as tampas são cromadas. O velocímetro, culturalmente de mostrador único, tem conta-giros e indicador de marchas. Os freios de ABS tiveram aumento nos discos em relação à versão anterior da moto para melhor desempenho. A Forty-Eight tem valor de R$ 50,7 mil. As cores opcionais, tom de vermelho diferente e Hardy Candy Custom, custam respectivamente R$ 350 e R$ 1,1 mil.

Por Bruno Klein

Harley Iron 883

Harley-Davidson Forty-Eight

Fotos: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *