Honda PCX 2017 – Lançamento, Preço e Novidades



  

Confira as novidades e o preço da nova Honda PCX 2017.

Atualmente, no Brasil, as motocicletas de pequeno porte tal como as famosas scooters tem feito bastante sucesso entre os consumidores, os principais fatos que estão fazendo com que os consumidores deem preferência para este tipo de motocicleta é o fato do baixo consumo de combustível, espaço interno para carregar pequenas bagagens, bem como o desing inovador que os novos modelos estão trazendo ao mercado. É nesse contexto que a grande e renomada fabricante de motocicletas Honda lançou a linha 2017 do PCX, o scooter mais vendido do país.

A grande novidade trazida por esta linha 2017 do PCX é a disponibilidade de opções de cores inéditas, sendo que nessa nova versão a fabricante disponibilizará aos consumidores o scooter nas cores prata fosco e cinza metálico como novidades. Outra opção é modelo DLX, o qual traz como novidades a cor marrom perolizado em uma combinação de dois tipos de tons distintos e um adesivo na parte dianteira da sua carenagem que faz alusão à versão.

Em termos de valores, o scooter Honda PCX chega ao Brasil custando o valor de R$ 10.300, enquanto a versão DLX custa R$ 10.800.





Vale ressaltar que o modelo PCX possui a produção nacional, sendo que a grande aposta da fabricante para atrair ainda mais os consumidores é ofertar três anos de garantia, período dentro do qual estão inclusas sete trocas de óleo gratuitas. Além de todos estes atrativos, o veículo chega ao mercado nessa nova versão equipado com o sistema denominado “Idling Stop”, o qual faz o desligamento de forma automática do motor proporcionando uma maior economia de combustível.

No pacote de itens de série dos modelos estão inclusos porta objetos dotado de tomada 12 volts, espaço destinado a guarda de volumes sob o banco com capacidade total de 25 litros, bem como conjunto óptico equipado com lâmpadas de LED.

Já com relação ao conjunto mecânico, a scooter continua com o motor monocilíndrico OHC de 4 tempos e 149,3 cm², o sistema de injeção é eletrônico e o arrefecimento é a líquido. A potência máxima produzida por este propulsor é de 13,1 cavalos a 8.500 rpm e o torque máximo produzido é de 1,36 kgfm a 5.000 rpm. A transmissão dessa scooter é automático do modelo CVT, o qual trabalha em conjunto com o sistema de freios CBS.

Por Adriano Oliveira



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *