BMW S1000 RR HP4 Race – Lançamento no Brasil



  

Modelo que terá apenas 750 unidades produzidas também será vendida no Brasil.

A montadora BMW confirmou a chegada, em território brasileiro, do modelo HP4 Race, o qual foi exibido de forma oficial no Salão da cidade de Xangai, na China. Trata-se de uma versão de pista da moto esportiva S 1000 RR, a qual irá contar com uma produção de somente 750 unidades no mundo todo. Entretanto, ainda não foram definidas quantas unidades chegarão ao Brasil e nem qual será o seu valor.

A motocicleta possui toda a carenagem, rodas e chassi fabricado em fibra de carbono e com isso tem um peso de somente 171 quilos em ordem de marcha. Para que se possa comparar, esse modelo chega a ser mais leve do que os modelos da própria montadora que correm no WSBK, o Mundial de Superbike e só perde para as motocicletas que são utilizadas na Moto GP, que é a categoria mais alta do motociclismo mundial.

Seu propulsor, que possui 998 cilindradas e conta com quatro cilindros, foi preparado e passou a entregar uma potência de 215 cv em 13.900 giros, diante dos 200 cavalos presentes na versão de rua. Seu torque é de 12,2 mkgf ao atingir 10.000 giros e a rotação máxima do motor passou dos 14.200 giros para 14.500 giros. A sua caixa de câmbio possui relação de marchas semelhantes às de uma de competição.

A sua parte eletrônica foi aprimorada para diversas condições de estrada e com vários ajustes de pista. Além disso, conta também com os mais refinados controles de freio motor, de tração e também de anti-wheeling, que tem a função de evitar que a moto empine.





Para finalizar, as suspensões do modelo são novas da marca Öhlins e são totalmente ajustáveis tanto na parte traseira quanto na dianteira. Já seus freios são da italiana Brembo e conta com discos em aço de 320 mm e pinças monobloco iguais a do conjunto que é usado no Superbike World Championship, conhecido como WSBK.

Ela é considerada praticamente uma moto de corrida, mas para as ruas e provavelmente irá se posicionar no topo das motocicletas superesportivas.

FILIPE R SILVA



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *