Vespa Elletrica – Características, Lançamento



  

Uma das vantagens deste lançamento deverá ser a rapidez para a recarga das baterias, pois ela deverá estar pronta para andar depois de 20 minutos recarregando.

A Vespa Elletrica estará disponível nas lojas a partir do próximo ano, sendo o primeiro modelo a utilizar este tipo de energia, abrindo portas para muitas novidades que virão depois, mas por enquanto a expectativa é que apenas o mercado europeu conte com esta facilidade. A apresentação da Vespa Elletrica foi feita no Salão de Milão, na Itália, na última terça-feira (07) e chamou a atenção do mundo inteiro.

Além de ser um veículo ótimo para driblar os trânsitos saturados nas grandes cidades, ainda garante maior economia no combustível e ajuda a preservar o meio ambiente. Só que por enquanto o preço não foi definido por enquanto, abrindo espaço para vários rumores, mas não há mais dúvidas de que esta é uma importante revolução para a companhia, que já deve ter muitos outros projetos em desenvolvimento, mas tudo muito bem guardado.

Os brasileiros deverão esperar bem mais do que gostariam, pois a marca não deu nem previsão de quando o modelo chegará por aqui.

Uma das vantagens deste lançamento deverá ser a rapidez para a recarga das baterias, um problema comum entre os veículos desta linha, mas esta Vespa deverá estar pronta para andar depois de 20 minutos recarregando, pelo menos é o que garantiu o presidente do grupo Piaggio, que já atua no Brasil desde 2016.

A versão de entrada vem com autonomia de 100 km e será a mais barata, enquanto a mais cara é uma versão mais robusta, com autonomia de 200 km, chamada de 'Elletrica X'. Ela conta com um gerador auxiliar para o motor elétrico e neste caso, a bateria precisará ficar recarregando ao menos por 4 horas.

Mas para os brasileiros, a Vespa Elletrica pode ser uma decepção, já que ela tem um desempenho muito próximo das 'cinquentinhas', quase já não vistas por aqui. A potência máxima é de apenas 5,5 cavalos, ou seja, é um veículo que dá para ir trabalhar e se locomover, mesmo em grandes centros urbanos, mas nada de muito pesado e nem de pressa.

Mas o brasileiro tem motivo de sobra para acreditar que a Vespa Elletrica não fará sucesso por aqui. Primeiro por causa do preço, pois estes veículos quando são lançados no mercado nacional, custam uma fortuna e segunda por causa da questão da própria energia elétrica, pois as contas de luz estão altas e ainda tem as bandeiras tarifárias no vermelho e em módulo 2. O brasileiro tem feito de tudo para economizar energia e deixar um veículo por horas, na tomada, recarregando, não vai ser para muitos.





Esses projetos são lentos e gastam anos para chegar ao mercado europeu, o que dizer então do Brasil. Em 2016 a Vespa apresentou um protótipo no Salão de Milão e só agora chega com o produto final.

Em relação à agilidade do modelo no trânsito, a empresa garante que o torque instantâneo favorece mais velocidade, não sendo este um empecilho para o proprietário. Um ponto a favor da Vespa Elletrica é que não há nenhum barulho, é um veículo extremamente silencioso, uma ótima notícia para os grandes centros urbanos, onde a poluição sonora é cada vez maior.

A Vespa Elletrica conta com um painel bastante colorido, com muitas informações na tela TFT e o consumidor poderá escolher uma das sete cores que estarão sendo oferecidas.

Se este é mais um modelo para o brasileiro contemplar de longe e continuar sonhando, sem ter como usufruir na prática, só o tempo poderá dizer. O país precisa urgentemente de veículos elétricos em suas ruas e avenidas, mas a infraestrutura e o problema da energia elétrica acabam prejudicando diretamente este setor. Vai ser preciso aguardar alguns anos para sabermos o que melhorou por aqui, pois só assim as empresas estarão dispostas a trazer suas novidades para os brasileiros.

Por Russel

Vespa Elletrica

Vespa Elletrica



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *