Yamaha XJ6-N – Fim da Produção no Brasil




Modelo deixa de ser produzido após 9 anos no mercado brasileiro.

Modelos vêm, modelos vão. Este é o fluxo de produção de qualquer indústria automobilística no mundo. Ao longo do tempo, diversos modelos têm sua produção suspensa. Neste caso, trata-se da Yamaha XJ6-N, que já está fora de linha no exterior desde o ano de 2016 e a partir deste ano, a produção da Naked será encerrada depois de nove anos de vida no mercado brasileiro.

Portanto, ao longo de nove anos em território nacional, o modelo Yamaha XJ6-N teve intensa produção, que agora se encerra em nosso mercado interno, por conseguinte, esgotando a sua vida em todas as lojas. O modelo Naked já está fora de linha em todo o mundo, com produção finalizada no ano de 2016.


A companhia fez anunciar que ainda há muitas unidades em estoque nas concessionárias autorizadas, as quais comercializam o modelo da moto por um valor de R$ 34 mil, fora o valor de frete, disponíveis nas cores: azul Racing Blue e em cinza Matt Gray.

Elaborada, projetada e produzida como a versão Naked mais bem sucedida e popular no Brasil, a Yamaha XJ6-N é equipada de um motor em quatro cilindros de 599 cm³; de 16V DOHC, capaz de fazer gerar 77,5 V de desempenho a 10.000 RPM e com torque de até 6,1 KGFM em 5.550 RPM, entregando o resultado da FZ6 Fazer. Munida de câmbio em marchas, que utiliza o sistema de freios a disco em 298 mm na roda da frente e de 245 mm na roda traseira.

Conforme uma nota publicada pela companhia Yamaha, este tipo de moto chegou a vender um número de 21 mil unidades, durante os seus nove anos de produção no Brasil. A partir de agora, com sua progressiva ausência, as demais alternativas entre as versões Naked, produzidas pela marca, serão as duas seguintes: a MT-07 e a MT-09, munidas de dois e três cilindros, respectivamente.


Este é um tipo de veículo que, embora munido de grande potência e eficiência, está dentro de um processo de evolução promovido por qualquer empresa que saiba manter-se atualizada. Estender uma única versão por muito tempo, pode cansar o consumidor, dando a ideia de que a empresa parou no tempo.

Sumarizando:

Depois de nove anos de intensa produção no Brasil, a companhia Yamaha decidiu encerrar a produção do modelo XJ6-N dentro do mercado brasileiro, portanto, esta moto acabou de sair de linha em território nacional.

O modelo Naked já está fora de linha em todo o mundo, desde o ano de 2016. Suas últimas unidades estão sendo vendidas. A montadora já fez anunciar que o último estoque delas já está nas concessionárias, sendo vendida por um valor de 34.690, sem calcular o valor de frete, e disponível em duas cores, o azul Racing Blue e o cinza Matt Gray.

Conforme os dados angariados da própria empresa Yamaha, esta moto chegou a vender em torno de 21 mil unidades, durante os seus nove anos de produção no Brasil. Com o seu progressivo esgotamento das concessionárias, as alternativas entre as Naked da marca japonesa estão a MT-07 e a MT-09 , equipadas com dois e três cilindros, de modo respectivo. Projetada, estruturada e produzida como a Naked mais acessível da empresa japonesa no Brasil, a versão Yamaha XJ6-N está sempre equipada com um motor de quatro cilindros em 599 cm³; de 16V DOHC, capaz de gerar 77,5 CV de desempenho e mais 6,1 KGFM em torque, entregando o resultado de FZ6 Fazer. Munida de um câmbio em seis marchas e opera por meio do sistema de freios a disco de 298 mm na roda da frente e 245 mm na roda traseira.

Paulo Henrique dos Santos

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *