Vespa Club 125 – Lançamento no Brasil





Novo modelo será o mais barato da marca no Brasil.

A novidade no mundo automobilístico tem origem em um dos países mais tradicionais da Europa. A companhia Vespa fez lançar o modelo mais 'barato' de moto para o Brasil, no valor de 14.980 reais.

A companhia italiana Vespa fez estrear, portanto, em evento realizado no Salão Duas Rodas, edição de 2019, o mais novo, e mais acessível ao bolso do consumidor, modelo de moto compacta, para o mercado automobilístico brasileiro.




Esta linha é intitulada Club 125, que consiste na série motoneta, clássica, que agora está aterrissando em solo brasileiro, e começará a ser comercializada a partir do mês de fevereiro de 2020. O valor no mercado estará em 14.980 reais, conforme foi mencionado. A estreia se deu na sessão já citada, no dia 24 do mês de novembro, no tradicional São Paulo Expo.

Essa nova versão da Scooter, dentro de uma linha de valor muito mais acessível ao consumidor, os gestores da organização italiana, mais precisamente o Grupo Piaggio, têm a intenção de fazer expandir as vendas em todo o Brasil, no sentido de tornar o modelo Club 125 uma verdadeira porta de entrada para mais modelos produzidos pela marca.


Os demais produtos produzidos pela companhia estão na faixa de preço que chega a 20 mil reais.

Sobre os detalhes:

Os gestores da empresa, prudentes, mantiveram o padrão clássico e muito bonito do design externo, aquele visual que todos gostam das "Vespinhas", sendo, nesse caso, o da Club 125, que ainda conta com potente motor de tipo monocilíndrico e desempenho de 125 CC na capacidade de cilindradas, sendo refrigerado a fluxo de ar com força de alcance em potência máxima de 9,5 CV para 7.250 RPM, mantendo o torque e um KGFM para 6.250 rpm.

Este mesmo modelo está sendo disponibilizado, sendo único na sua linha, em quatro alternativas de cores na lataria: cor azul; cor cinza; cor amarela e na cor vermelha.

A moto está munida das clássicas rodas, vazadas em raio de 10 polegadas; foram mantidos, também, os pneus no formato clássico, porém, desprovidos da câmara de ar. A clássica e também nova Vespa está munida de um sistema de freio mais simples, e singular, do tipo tambor, suplementado do dispositivo de tipo combinado, que opera de modo a fazer repartir toda a frenagem distribuída entre as suas duas rodas.

Este é um tipo de motoneta que está com mais de 70 anos de produção e não sai de linha, dada a sua versatilidade, a sua praticidade, o seu belo modelo, que é clássico e moderno ao mesmo tempo. Um veículo retrô que parece se adaptar a todas as décadas por que passa.

Sobre a companhia:

Vespa consiste em uma grande marca italiana, produtora de Scooter, fabricada pela Piaggio. O nome significa vespa em italiano. A Vespa evoluiu de uma scooter de modelo único fabricada em 1946 pela Piaggio & Co. S.p.A. de Pontedera, na Itália, para uma linha completa de scooters e uma das sete empresas hoje pertencentes à Piaggio.

Desde o início, as Scooters Vespa são conhecidas por seu corpo pintado de aço prensado, que combina, em uma unidade estrutural unificada, uma capota completa para o motor (que encerra o mecanismo do motor e oculta sujeira ou graxa), uma tábua de piso plana (que protege os pés) e uma carenagem dianteira proeminente (fornecendo proteção contra o vento).

Esse modelo vai sacudir o mercado de vespas no Brasil. Em realidade, já está. As vendas prometem. Os consumidores poderão aguardar por mais atualizações ao longo destes meses.

Paulo Henrique dos Santos

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *