A primeira motocicleta híbrida do mundo será da Kawasaki



O mundo das duas rodas não ficou isento do sistema elétrico e do híbrido. Não soa estranho ouvir sobre esses sistemas quando se trata de motocicletas, mas o mercado ainda parece imaturo para hospedar uma ampla gama de novos produtos do ponto de vista de motores. Por outro lado, as grandes marcas estão apostando para trazer essa novidade aos amantes de motocicletas. E a Kawasaki acaba de lançar o teaser da primeira moto híbrida do mundo.

A marca japonesa apresentou seu projeto Hybrid Power , que permitirá às suas motos utilizarem um sistema capaz de combinar a condução elétrica urbana e um híbrido para percursos mistos, aliado ao uso de gasolina para autoestradas e vias de alta velocidade. A Kawasaki é então, a pioneira do conceito deste sistema híbrido que deverá representar uma inovação significativa para o setor.



No passado, a Suzuki e a BMW também fizeram tentativas para motos híbridas, mas as várias tentativas podem ser colocadas sob o título de protótipos e nada mais. Ideias lindas, e certamente inovadoras, mas muito longe de serem um projeto lançado. Enquanto isso, o trabalho feito pela Kawasaki é muito diferente, a marca japonesa de fato, é a primeira a lançar uma moto híbrida padrão.

O teaser acima, onde a marca fez o anúncio, não revela muito e não traz muitas informações relacionadas a esse sistema de propulsão que hoje é tão difundido no mundo automotivo, mas que, por enquanto, reluta em chegar ao setor de motocicletas.



Porém, embora o vídeo publicado pela Kawasaki não seja muito relevante, podemos destacar dois detalhes dele:

O primeiro é a confirmação de que sua tecnologia híbrida será controlada pelo piloto , que poderá selecionar três modos de propulsão (combustão, elétrico ou ambos combinados) dependendo do tipo de percurso que será feito.

Leia também:  Dafra-KTM 200 Duke e 390 Duke ABS serão vendidas no Brasil

A Kawasaki entende que o motor de combustão é ideal para viagens em estradas e vias expressas devido à sua autonomia . Na cidade, a marca japonesa aposta num movimento 100% elétrico sem emissões nem ruídos, enquanto para viagens em estradas regionais e sinuosas, os japoneses acreditam que a solução híbrida (combustão + eletricidade) proporcionará uma poderosa sensação de aceleração , combinando seus dois motores.

Outro detalhe interessante que podemos ver na parte final do vídeo é o teste de banco de potência desta motocicleta híbrida, onde parece ser um motor de dois cilindros acompanhado de outra tração elétrica na parte traseira, perto da roda.

O que o sistema híbrido oferece?

O fato é que os sistemas híbridos são provavelmente a melhor maneira para os automóveis e motocicletas garantirem um sistema elétrico. Os benefícios incluem custos de combustível radicalmente mais baixos, direção totalmente elétrica limpa para a maioria do uso diário, liberdade total para fazer longas viagens em rodovias, abastecimento rápido em postos de gasolina abundantes … Ou seja, oferece a proposta do melhor dos dois mundos.

Por que a moto híbrida é um projeto difícil de ser lançado?

A dificuldade de equipar uma motocicleta com este sistema de propulsão está ligada aos espaços disponibilizados por um veículo de duas rodas, que são especialmente mais estreitos do que os existentes sob a carroceria de um carro. Basicamente, a dificuldade das marcas lançarem esse modelo de motocicleta é: onde alojar os dois motores e todos os componentes de um sistema híbrido? Este é o desafio que Kawasaki venceu, e, em geral, para todas as empresas de motocicletas que desejam abraçar essa mobilidade.

Esperamos ver o motor híbrido chegar à linha Kawasaki em algum momento. No entanto, muitas outras informações – como quando a moto híbrida será lançada, que forma ela assumirá e quanto custará ao consumidor – ainda não foram reveladas.

Leia também:  Queda na produção de motocicletas em abril

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *