Nova Moto Elétrica Kawasaki Kabira KM 3000



Conheça aqui mais detalhes sobre a Kawasaki Kabira KM 3000.

Pesquisando um pouco mais sobre a Kabira, fiquei sabendo que ela pertence à empresa Kawasaki. As motos elétricas da Kabira fazem parte dessa ofensiva da Kawasaki lá na Índia, no setor de motos esportivas elétricas. Chegou a vez da KM 3000 (três mil), dessa vez com carenagem, que tem, sem dúvida, uma carinha de Kawasaki, moto que lembra bastante a Ninja 300 da Kawasaki e que tem o visual bem bonito.

A ideia é atrair o público jovem que procura por veículos que não poluem o meio ambiente. Diferente da KM 4000, que tem ali embaixo, aquela aparência quadrada, praticamente o gabinete de um PC que não agradou a muitos. Por ser uma moto carenada, o compartimento de bateria ficou bem encaixado, escondido ali, no meio da carenagem. Deu pra dar uma disfarçada legal. E se não fosse pelo motor, na roda traseira, você nem diria que essa moto é uma moto elétrica, pois vem com a suspensão telescópica tradicional, farol duplo, bolha aerodinâmica, visual que lembra muito o de uma Ninja 300, como já falado antes.



A carenagem no formato de motor, praticamente matou ali aquela caixa quadrada da bateria que tem a KM 4000, um dos diferenciais é a traseira alta e o banco bipartido, se for ver de relance parece uma moto normal a combustão.

Destaque para o painel em TFT com cluster digital e colorido, que tem brilho da tela regulável de 450 nits de brilho e conexão via Bluetooth com smartphone. As principais informações da sua pilotagem, elas estão na tela, GPS, telemetria e por aí vai. Uma máquina movida por energia limpa e renovável. São três modos de condução: Eco, Sport e City. No modo Eco você tem alcance de até 120 Km (cento e vinte quilômetros). No Modo City (cidade), a autonomia cai para 95 km (noventa e cinco quilômetros). E já no modo Sport, jogando lá os 120 km/h (cento e vinte quilômetros por hora), a moto percorre até 60 Km (sessenta quilômetros) de autonomia, para recarregar as baterias é preciso esperar seis horas e meia para ter uma carga completa no modo eco e no modo Boost charger esse tempo cai para 2h.

Leia também:  Lauge Jensen Gold - Nova Moto Banhada a Ouro e com Diamantes


Sim, a velocidade máxima da KM 3000 é de 120 km/h, inclusive lá na Índia, eles consideram essas motos como motos de alta velocidade, até porque são as motos mais rápidas da Índia, nesse segmento, no momento. Lembrando que a moto vem ainda com chave presencial keyless start e às chave ficam no bolso do condutor e a partida começa ao toque de um botão, além de bateria de lítio de alto desempenho com sistema de 4 KWh, as baterias são à prova d'água e à prova de choque. Elas são compatíveis com todas as condições climáticas lá da Índia, de acordo com o site da Kabira Mobility.

O motor é localizado na roda traseira e gera um pico de potência de seis mil watts, com resistência à água IP67 permite que o condutor encare qualquer terreno. A Kabira não informa quantos cavalos de potência foram colocados nessa máquina e nem mesmo o torque, mas a moto atinge até 120 Km/h, as motos elétricas, elas têm o torque imediato, então, certamente, essa moto, ela sai muito rápido. Na conversão direta para a moeda brasileira, nós teremos essa moto ao preço de R$ 9.421 (nove mil quatrocentos e vinte e um reais), aproximadamente. Com os impostos se aproxima fácil de dez mil reais. Nada mal, hein?

Essas foram as principais informações da Kabira KM 3000, a moto elétrica da Kawasaki lá na Índia.

Por: J. Emerson

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *