Uma olhada superficial na BMW R 1200 GS Adventure pode até assustar ou não agradar muito aqueles que não são fãs de um visual “diferente” (para não dizer monstruoso). Esse é o modelo topo de linha em relação as motos aventureiras da marca de origem alemã. A título de curiosidade a linha GS 1200 carrega o privilégio de ser a marca mais vendida no mundo.

Recentemente sua nova geração acabou desembarcando por aqui. Os preços são para pessoas “corajosas” partindo de nada mais nada menos de R$ 87.900. Como missão, o modelo tem a função de tentar alcançar a marca de 450 unidades vendidas ao ano. Caso consiga a proeza a meta seria um recorde para a própria moto no Brasil.

Nos últimos tempos a BMW teve que ver o mercado ser tomado por concorrentes a altura no segmento que ofereciam aos consumidores não apenas produtos de qualidade, mas também preços competitivos. O fato impulsionou a companhia a tomar uma posição em relação ao assunto e rever sua estratégia de mercado.

O modelo lançado apresenta um desempenho considerável, tanto na terra, quanto no asfalto. Outro ponto que chama a atenção é o fato de que houve evolução na moto e preço caiu

Porém, tem um detalhe: O preço foi reduzido, mas mesmo assim, a Adventure ainda continua com o preço alto. Nesse ponto a fabricante deve pensar e repensar sobre o que fazer uma vez que a concorrência coloca no mercado bons conjuntos e, como dissemos, com preços mais interessantes.

Um exemplo disso, a Tiger Explorer XC, uma de suas principais concorrentes que sai por R$ 63.500. Além da Tiger, a BMW R 1200 GS Adventure ainda tem como “inimigas” a Yamaha Super Ténéré com o preço em R$ 55.990 e a KTM 1190 Adventure R (preço não divulgado).

Pelo visto não vai nada fácil para a BMW conseguir bater sua meta. Mas o mercado tem seu jeito de surpreender de vez em quando até mesmo os mais pessimistas.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


Nova BMW R 1200 GS A BMW R 1200 GS pode parecer grande e cara, mas suas características provam que o valor de R$ 73.400 vale o modelo. Foi empregada alta tecnologia para o desenvolvimento do modelo que é o ápice da linha GS. Com 30 anos, a linha GS é a moto mais vendida da BMW no mundo. A maxtrail promete fazer sucesso no país, contudo a linha não é a mais vendida por aqui, perdendo para o modelo F 800.

A principal novidade da R 1200 fica por conta da refrigeração a líquido dos cabeçotes, o que proporciona um melhor controle da temperatura do motor. Com dois cilindros contrapostos, o motor gera uma potência de 125 cv a 7.700 rpm. A transmissão com seis marchas agora possui uma embreagem multidisco na parte frontal. Ela foi aprimorada juntamente com a ignição que conta com uma vela cilindro, ao invés de duas, no modelo anterior.

O visual foi repaginado e a moto também passou por algumas alterações no chassi e na parte elétrica. Outro item que merece destaque é a embreagem. Ela é bem macia tal qual uma moto pequena e aguenta bem o tranco seja na cidade ou na terra.

Por Robson Quirino de Moraes





CONTINUE NAVEGANDO: