A Tryumph Motorcycles Brazil divulgou nesta semana o início de um recall para vários modelos de motos da montadora que circulam pelas ruas brasileiras.

Os modelos que necessitam de correções representam um total de 704 veículos fabricados entre 2006 e 2010.

Para marcar a realização do serviço nas concessionárias, os proprietários devem entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor da Tryumph ou por meio do e-mail sactriumph@europ-assistance.com.br.

Confira a seguir os modelos de motos com defeitos identificados e que integram o recall:

Rocket III e Rocket III Classic
Anos de fabricação: 2006 a 2007
Chassis: 266910 a 294587
Motivo: Atualização da versão de programação do modulo do sistema de gestão do motor (ECU).

Sprint ST 1050 cc, Speed Triple 1050 cc e Daytona 955i
Ano de fabricação: 2006
Chassis: 264336 a 273309
Motivo: Substituição do pino de posicionamento da pinça de freio traseira.

Daytona 675
Anos de fabricação: 2006 a 2010
Chassis: 274445 a 367746
Motivo: Substituição do retificador regulador, que pode causar descarregamento da carga da bateria.

Sprint ST 1050 cc e Tiger 1050 cc
Anos de fabricação: 2006 a 2008
Chassis: 268404 a 336432
Motivo: Adequação do kit acessório.

Street Triple
Ano de fabricação: 2008
Chassis: 326039 a 326526
Motivo: Substituição do retificador regulador, que pode causar um descarregamento da carga da bateria.

Street Triple
Anos de fabricação: 2009 a 2010
Chassis: 380536 a 423228
Motivo: Substituição do retificador regulador, que pode causar um descarregamento da carga da bateria.

Daytona 675
Anos de fabricação: 2009 a 2010
Chassis: 403990 a 426669
Motivo: Substituição do retificador regulador, que pode causar um descarregamento da carga da bateria.

Por Ana Camila Neves Morais


Recentemente a montadora Triumph anunciou que produzirá suas motos na cidade de Manaus, capital do Amazonas. As primeiras unidades já estão sendo fabricadas desde setembro e após esse período de pré-produção, as motos serão testadas e avaliadas, a fim de garantir a sua excelência. Vale destacar que o setor está animado com a chegada da Triumph no Brasil, afinal, trata-se de uma fábrica de grande porte.

Inicialmente, as peças do conjunto virão da Inglaterra, porém, as fases de montagem e revisão ocorrerão em terras tupiniquins. As primeiras unidades começarão a ser vendidas na primeira quinzena de novembro e os preços de comercialização ainda não foram informados. O principal modelo da Triumph nessa primeira etapa de inserção no Brasil será o Tiger Explorer.

Ciente de que o consumidor brasileiro é bastante exigente, a marca tem focado na qualidade das peças, excelência no acabamento e bom desempenho. Por isso, projetou motos com altas cilindradas.

Nesse sentido, a moto Tiger Explorer virá com um motor de três cilindros e câmbio de seis marchas. Como se não bastasse, o modelo será equipado com controle de tração e freios ABS.

De acordo com a Diretoria Executiva da Triumph, apenas 800 motos serão montadas em 2012, no ano seguinte esse número aumentará para 1.910 e em 2014 esse número chegará a 3.147. Agora é esperar pra ver se a moto cumpre tudo que promete.

Por Larissa Mendes de Oliveira





CONTINUE NAVEGANDO: