Novo modelo é vendido por R$ 53.800, e traz diferenciais interessantes em sua mecânica e design.

A ideia foi projetar uma moto que, mesmo sendo compacta, de forma nenhuma abriu mão da potência. Assim é a nova Suzuki GSX-R 1000, uma moto que além de linda, promete trazer fortes emoções e aventuras para os amantes de verdadeiras máquinas sob duas rodas.

A Suzuki sabe que a concorrência não está para brincadeira, por isso, decidiu colocar no mercado uma moto repleta de diferenciais. Um desses diferenciais está na personalidade que a moto tem, sendo ao mesmo tempo compacta e tão imponente. A proposta foi abrir um pouco mão do espaço físico para se trabalhar mais no quesito força e velocidade.

Vamos a uma breve ficha técnica para entender como funciona isso – a Nova Suzuki GSX-R 1000 tem 999 centímetros cúbicos de cilindrada, podendo chegar a uma potência de 11.500 rpm, Sem dúvidas, com características como essa, é possível se chegar a velocidades incríveis. O motor é de quatro cilindros com 16 válvulas, concebida em quatro tempos com refrigeração líquida. O tipo de ignição é eletrônico e a partida é elétrica, com um sistema de alimentação por injeção eletrônica. Ela ainda possui o modelo de transmissão de seis velocidades e, quando acelerada, aí vem o que mais causa frisson na nova Suzuki GSX-R 1000: o ruído da máquina, que chega a marca de 97,7 decibéis. É de colocar qualquer coração a mil por hora, ou por segundo.

Para maior segurança, o freio traseiro é a disco e os freios dianteiros de disco duplo. Afinal, não adianta oferecer tanta potência e velocidade sem o suporte necessário para a segurança dos seus proprietários. O design é de uma modernidade incomum, algo que a Suzuki sempre gosta de fazer em todos os seus projetos de moto.

O preço da nova Suzuki GSX-R 1000 2016 é de R$ 53.800,00, sendo que as concessionárias Suzuki estão autorizadas a parcelar esse valor em até 24 vezes, com taxa zero de juros.

Saiba mais sobre essa máquina no site www.suzukimotos.com.br e anime-se para ter a sua. 

Por Michelle de Oliveira

Suzuki GSX R-1000 2016

Foto: Divulgação


Começou a ser vendida a nova moto Suzuki Inazuma no Brasil pelo preço de R$ 15.900. A moto é bicilíndrica e foi anunciada no fim do ano passado. Com características acima das concorrentes atuais: Dafra Next (R$ 11.580), Honda CB 300R (R$ 12.040) e Yamaha Fazer (R$ 11.580).

Com isso, a bicilíndrica, considerada a única entre as rivais, desenvolve 24,5 cv a 8.500 rpm e torque de 2,24 kgf.m a 6.500 rpm. Com refrigeração líquida, alimentação por injeção eletrônica e câmbio de 6 velocidades. O freio é a disco em ambas as rodas. Sem contar a inovação no design fabricado pela montadora que é perfeito para quem gosta de viajar sob duas rodas.

O modelo será vendido em três opções de cores, quais sejam: preta, vermelha e azul com branco. Grande parte dos motociclistas dessa categoria está à procura de melhor custo benefício e alto desempenho, o que não faltou na Suzuki Inazuma. O diferencial da moto está na refrigeração líquida e no câmbio com seis marchas, uma vez que as outras citadas não possuem essas vantagens.

Cabe salientar que para dirigir motos no Brasil é necessário bastante cuidado, uma vez que o país está em 2º lugar no número de acidentes e para quem não dirige, mas pretende comprar uma devido ao custo x benefício, alguns cursos como é o caso de direção defensiva pode ser bem vantajoso na hora de estar nas pistas.

No entanto, é importante lembrar também que quem pretende economizar, essa moto é essencial, além do design e potência que proporciona ao comprador. O mercado brasileiro de motos é um dos que mais aumentou nos últimos anos e as vendas continuam a crescer. Diante disso, todos os segmentos têm boas vendas, que vão desde as mais populares as mais caras, de altas cilindradas. O modelo é uma mistura de B-King e GS 500 e possui um farol bem moderno.

Por Luciana Viturino

Suzuki Inazuma

Foto: Divulgação


Suzuki Inazuma 250O Brasil será finalmente o palco para a chegada da Suzuki Inazuma 250, que irá concorrer diretamente com os modelos de 250 cilindradas já estabelecidos no país.

A apresentação da motocicleta está prevista para o próximo mês no Salão Duas Rodas. Por enquanto, a companhia não informou mais detalhes sobre a data exata que a moto estará disponível para a venda e nem os preços finais ao consumidor.

O motor bicilíndrico de 250 cm³ é a grande novidade no modelo, que possui a injeção direta de combustível como seu principal diferencial. A potência gerada pelo motor é de 24,48 cv em uma transmissão de seis marchas.

A motocicleta vem com uma suspensão traseira mono-shock e garfos telescópicos que vão proporcionar maior absorção de impactos. Além disso, os freios hidráulicos possuem discos ventilados tanto na traseira quanto na dianteira e as rodas são feitas em alumínio com três raios. O painel da Inazuma também é um de seus grandes diferenciais. LED indicativos fazem parte de um conjunto de LCD bastante bonito e atrativo.

No Brasil, as principais concorrentes da motocicleta serão a Honda CBR 250R e a Dafra SYM Next 250. Com o anúncio, a empresa visa recuperar o mercado nacional de motos de pequeno porte, as chamadas Naked. Embora o preço não tenha sido divulgado, o valor médio das motocicletas do segmento gira em torno de R$ 12 mil e, para criar uma concorrência acirrada, a Suzuki deverá manter algo em torno disso.

Por Ebenézer Carvalho


Nova Suzuki V-Strom 650Mais um lançamento da Suzuki para o ano de 2013 foi a V-Strom 650, um modelo veloz e que alia esportividade e potência. Além do design impecável, a nova V-Strom 650 apresenta um ótimo desempenho. Este modelo está mais leve e potente que a versão anterior, permitindo uma resposta mais rápida à aceleração.

O motor da V Strom 650 é o V-Twin de 645 cm³. Ele proporciona uma aceleração constante aumentando a potência gradativamente. A potência máxima atingida pela moto é de 67 cavalos a 8.800 rpm, além de um torque de 6,12 kgf.m a 6.400 rpm.

O chassi da V-Strom 650 está mais rígido e apresenta dupla longarina, além de balança de liga de alumínio, proporcionando uma direção mais suave e estável. A suspensão dianteira possui uma pré-carga com mola ajustável e um tubo de 43 mm na suspensão traseira. Com essas configurações, é possível ajustar a pré-carga da mola através de um regulador.

A V-Strom 650 ainda possui freios ABS (disco duplo na frente) e capacidade de tanque de 20 litros de combustível. Ela está disponível nas cores azul e branca e seu preço é de R$ 34.900.

Por Robson Quirino de Moraes


A nova Suzuki trouxe algumas novas versões para o mercado brasileiro este ano. Uma delas é a GSX-R750. Um modelo poderoso e robusto. Ela conta com um sistema de circuito de contrle de ignição muito avançado que foi desenvolvido com base na MotoGP, modelo utilizado na principal competição de motos do mundo.

A Suzuki GSX-R750 está equipada com um motor tetracilíndrico de 750 cm³ capaz de render 150 cavalos de potência. Ele foi projetado para aumentar a resposta, dessa forma o condutor pode desenvolver toda a potência de maneira controlada. A potência máxima é de 106 hp a 10.000 rpm, enquanto o torque pode chegar a 8,16 kgf.m a 9.000 rpm.

O modelo possui um cicuito de controle de ignição transistorizada que foi desenvolvida a partir da tecnologia usada na MotoGP, contribuindo para a combustão completa.  O diferencial fica por conta da balança articulada digital tipo link, o amortecedor possui ação progressiva apresentando sete modos de ajuste.

Disponível nas cores preta e azul, a GSX-R750 tem um design atraente com fortes linhas bem estruturadas. O preço desta máquina é de R$ 49.900. Pode parecer caro, mas os recursos e o poder proporcionado faz valer a pena.

Por Robson Quirino de Moraes


A Suzuki lançou este ano no Brasil, cinco motos inéditas no país e uma delas é a Gladius. Essa moto é versátil e possui um design diferenciado que proporciona mais conforto. O guidão em formato tubular, o posicionamento das pedaleiras e o acento também permitem uma pilotagem segura que pode durar várias horas sem o condutor se cansar.

O motor é um V-Twin de 90 graus de 645 cm³ DOHC que pode gerar até 70 cavalos de potência. Ele possui refrigeração líquida e injeção eletrônica de combustível, permitindo uma resposta rápida a aceleração.

O câmbio possui sistema de seis marchas. Com rodas de aro 17, o conjunto de frenagem tem disco duplo na roda da frente. O tanque apresenta uma capacidade de 14,5 litros de combustível.

A Gladius conta com um painel de instrumentos com mostradores analógicos e digital para conta giros e velocímetro. As luzes indicam reserva de combustível, além de um hodômetro que indica quando o combustível chega na reserva.

A Gladius já está disponível nas concessionárias nas cores preta, azul e cinza. Ela está custando a partir de R$ 26.990.

Por Robson Quirino de Moraes


A Suzuki lançou recentemente um modelo de moto com 125 cilindradas: a GSR 125 S.

Esta motocicleta possui nova carenagem e um spoiler sob o motor bem como rodas mais esportivas e piscas com lentes de cor branca.

Do ponto de vista mecânico, a GSR 125 S possui um motor monocilíndrico com refrigeração a ar alcançando potência de até 10,72 cavalos e um torque máximo de 0,95 kgfm em um câmbio com cinco marchas.

Seus bancos possuem altura de 73 centímetros apenas, semiguidão com contrapeso nas extremidades, o bocal do tanque possui um estilo aeronáutico além de possuir um painel digital com um display em LCD que indica nível de combustível, situação dos hodômetros e o velocímetro.

Esta moto possui ainda a possibilidade de realizar partida elétrica e um consumo médio de 26,94 quilômetros por litro de combustível utilizado

Todas as novidades da nova GSR 125 S podem ser adquiridas por preços a partir de R$6.490,00.

Por Ana Camila Neves Morais


A Inazuma 250 será lançada no Brasil no primeiro semestre de 2013, mas enquanto esse dia não chega, a moto anda fazendo bastante sucesso em território chinês.

Na China, a super moto é chamada de GW250 e já ganhou até mesmo um modelo exclusivo para o trabalho da polícia chinesa. Essa versão específica conta com guidão e baú mais altos, a fim de permitir determinadas manobras com baixa velocidade.

A Inazuma 250 da Suzuki tem o visual que lembra outras motos da montadora, a exemplo da Bandit 650S e Bandit 1250S, o que diferencia as motos entre si é basicamente a potência de seus motores. Na parte mecânica, o modelo comercializado no Brasil será apresentando com a mesma plataforma chinesa, cujo motor possui injeção eletrônica, é bicilíndrico, conta com 248 cm³, bem como refrigeração líquida. Segundo a Suzuki, o propulsor atinge a potência de 24,48.

A parte dianteira da moto possui diferenciada carenagem frontal e será produzida em parceria com a Haojue, empresa que no Brasil trabalha juntamente com a marca Dafra. O modelo chegará ao mercado brasileiro com a finalidade de competir diretamente com a Honda CB 300R, Yamaha Fazer 250, Dafra Next 250 e Kasinski Comet GT 250.

O preço de venda não foi divulgado.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A nova Suzuki Intruder 125 chega ao mercado no ano de 2012 para provar que o clássico pode ser misturado com o moderno e, ainda assim, continuar sendo sinônimo de credibilidade. Isso significa que o novo modelo tem charme, sofisticação e é confortável acima de tudo.

Seu design possui um novo assento que proporciona uma excelente posição para a pilotagem, conta com um painel mais moderno, um bagageiro mais amplo, espelhos retrovisores cromados e um novo logotipo no tanque de combustível e tampa lateral. Além de estar disponível em 4 cores incríveis e de ter pneus que oferecem um maior conforto para o piloto e seu passageiro.

O seu motor 125 cm³ é de 4 tempos, 5 marchas, monocilíndrico, 2 válvulas, OHC, sendo assim uma moto mais econômica que as demais do mesmo segmento. A Intruder ainda possui sistema de partida elétrica, freio a disco, roda de liga leve de fino acabamento e o tipo de ignição é eletrônico.

O valor sugerido pela Suzuki para Intruder 125 é de R$ 5.490,00 à vista.

Para mais informações sobre o modelo e onde encontrá-lo acesse www.suzukimotos.com.br.

Por Jéssica Severo





CONTINUE NAVEGANDO: